Investigadores

Isabel Murta Pina

Mestre (2000) e Doutora (2009) em História pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Isabel Murta Pina é Investigadora Auxiliar com provimento definitivo no CCCM. Colaboradora no CHAM-Centro de Humanidades da Universidade Nova de Lisboa e no Centro de Estudos Clássicos/FLUL (no âmbito do projeto Res Sinicae. Base digital de documentos em português e em Latim sobre a China, PTDC/LLT-OUT/31941/2017), é ainda Membro da Academia de Marinha. Entre 2006 e 2011, foi professora no Instituto de Estudos Orientais da Universidade Católica Portuguesa e, entre 2011 e 2014, na licenciatura em Estudos Asiáticos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Os seus principais interesses de investigação centram-se na área das relações interculturais entre Portugal/Europa e a China/Macau, nos períodos Ming e Qing. Tem desenvolvido investigação e publicado vários artigos e livros no âmbito da referida temática, nomeadamente sobre a atividade missionária e a produção e circulação de conhecimento sobre a China na Europa. É autora de:

Os Jesuítas em Nanquim (1599-1633) (Lisboa: CCCM, 2008)
Jesuítas Chineses e Mestiços da Missão da China (1589-1689) (Lisboa: CCCM, 2011)

Publicou ainda, em autoria coletiva, os dois volumes de Tomás Pereira. Obras (Lisboa: CCCM, 2011). Encontra-se, atualmente, a preparar um estudo sobre Álvaro Semedo, S.J. (1585-1658), que acompanhará a edição crítica da sua obra Imperio de la China. Tem estado, além disso, a trabalhar em questões relacionadas com o perfil urbano de Macau (séculos XVI a XVIII) e o património cultural chinês em Portugal (com um estudo sobre papéis de parede chineses). Com uma especialização em Museologia (1995), tem ainda colaborado em exposições, a mais recente das quais, Um Rei e Três Imperadores, decorreu no Museu de São Roque (2019).

Para um currículo mais detalhado, consulte-se:

Investigadores Associados